OCA VIRTUAL

Just another WordPress.com weblog

o maestro

leave a comment »

O MAESTRO

 

Vestiu os sapatos pico fino com uma insuportável calma.Sentou-se na velha cama de madeira rústica. Jogou vagarosamente seu peso na nádega esquerda e calçou o pé direito do sapato. Cada centímetro de meias e cadarços foram alongados como uma nota musical.Repetiu o mesmo processo de forma invertida, religiosamente igual ao anterior.

Levantou-se com força e rigidez. Firmou os pés no chão de cimento esburacado, feito duas patacas de animal. O velho era forte e como que antagonicamente ao ambiente rústico parecia ter sido esculpido em madeira de lei. Vestiu a velha casaca cor de jambo e foi reger a orquestra imperial dos ventos em uma manhã de primavera.

 

 

Todo axé nas cadera da nega

É mais axé no terreiro de umbanda,

Aruanda,aruanda.

 

Todo o sonho que é colorido

Nasce do grito de um excluído.

 

Doce Baco

Mítico vinho,

Antropológica mistura,

Da alma teatro.

Written by ocavirtual

março 22, 2008 às 1:15 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: